CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Airson Oliveira
Poesias do Coração
Textos


NAS ASAS DO CIÚME
 
Outrora a minha amada,              pediu ao meu coração:
- Quero ir até as nuvens e de lá,       vê os rios, os mares, os montes.
Para isso precisarei voar e ser livre, conceda-me um par de asas...
Com asas, a minha amada some no horizonte voando na confiança.
Às vezes voa tão alto e desaparece, às vezes da uns rasantes,
e por mais que eu sintonize, o meu radar não alcança.
Agora foi o ciúme que pediu ao coração:
- Também quero um par de asas,
isso é um direito meu.
E pra vigiar a amada
o meu coração
concedeu
asas
O

.
Airson Oliveira
Enviado por Airson Oliveira em 22/10/2013
Alterado em 26/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários